Página inicial > Notícias > Associação Rede Cananéia realiza I Seminário, II Encontro de Arte e Cultura e V (...)

Associação Rede Cananéia realiza I Seminário, II Encontro de Arte e Cultura e V Feira de Economia Solidária em Cananéia

sexta-feira 23 de janeiro de 2015

Ações pretendem disseminar um novo conceito de economia

Por Fernanda Martins, Lilia Gomes de Souza e Elaine Marques

A Associação Rede Cananéia realizou o I Seminário, II Encontro de Arte e Cultura e a V Feira de Economia Solidária em Cananéia, entre os dias 12 e 14 de dezembro.
O I Seminário de Economia Solidaria em Cananéia, com o tema “Que economia é essa?” aconteceu em 12 de dezembro, sexta-feira, das 08h às 16h, na Quadra Coberta do Esporte Clube Maratayama.
O Seminário serve para entender o funcionamento da economia solidária, uma forma de comercialização diferente da economia capitalista para grupos, associações, cooperativas, coletivos e movimentos sociais e em várias áreas de trabalho como artesanato, apresentação cultural, agricultura, alimentos, coleta de material reciclado, entre outros.
No primeiro momento teve a abertura com a palestra “Que é economia é essa?” com Robson Grizilli da Rede de Gestores da Economia Solidária do Brasil, com várias oficinas, sendo uma delas políticas públicas, porém não houve participação da Prefeitura local, tendo a discursão para avançar na melhoria nas comunidades, principalmente na comunidade da Ex-Colônia Velha, que fica no continente e, atualmente, não conta com transporte público para a população. A outra oficina teve como tema a atuação das mulheres na economia solidária, que falou sobre a valorização da mulher no comércio, na produção e vendas, sendo um que na Economia Solidária as mulheres têm 70% da atuação.
O Seminário foi realizado pela Associação Rede Cananéia, sob a responsabilidade de Gisele Alves Villar e Fernanda Martins, com a ajuda de toda a equipe da Rede Cananéia e grupos, parceiros Rosana Rocha do IDESC - Instituto para o Desenvolvimento Sustentável e Cidadania do Vale do Ribeira, com a indicação dos facilitadores para as oficinas, Tania Maria da Silva, assessora técnica territorial de Gestão Social Território da Cidadania Vale do Ribeira/SP com a divulgação no Vale do Ribeira e ISA - Instituto Sócio Ambiental.
O evento teve a participação de 60 pessoas no geral de várias regiões, como os grupos que fazem parte da Rede Cananéia, sendo, Grupo de Mulheres Artesãs da Comunidade Caiçara da Enseada da Baleia, Grupo de Mulheres do Remanescente de Quilombo Retiro Ex-Colônia Velha, ARTECA – Associação dos Artesãos de Cananéia, CAF – Cananéia Artes e Fibras, Cheiro do Mato – Produtos Naturais com Plantas Medicinais do Itapitangui, Cidades de Miracatu, Registro e Apiaí.
Já o II Encontro de Arte e Cultura e a V Feira de Economia Solidária de Cananéia aconteceram entre os dias 12 e 14 de dezembro, sexta a domingo, na Rua do Artesão e Praça Theodolina Gomes, Tiduca, organizados pela equipe da Associação Rede Cananéia, com diversas atrações e atividades, como apresentações culturais, oficinas artísticas e educativas para crianças, jovens e adultos; exibições audiovisuais, aulas de dança, shows, domingueira de fandango e, claro, venda de produtos sustentáveis e solidários de empreendimentos comunitários, sendo Grupo de Mulheres Artesãs do Mandira, Sabores da Roça, Grupo das Mulheres Artesãs da Comunidade Tradicional Caiçara da Enseada da Baleia, ARTECA – Associação dos Artesãos de Cananéia, Cheiro do Mato – Produtos Naturais com Plantas Medicinais do Itapitangui, Grupo de Fandango Batido São Gonçalo, CAF – Cananéia Artes e Fibras, Mulheres do Remanescente de Quilombo Retiro Ex-Colônia Velha, Sítio Porto do Meio, Defumado Caiçara; Sítio Bela Vista, Ateliê Arte e Mandala, S.J. Artesanatos, Neuza Aparecida de Oliveira, Espaço Jaya Om, Aldeias Guaranis, Assentamento de Apiaí, Ana Claudia Berlinck, Jaci Ateliê, Dagné Acessóriose Comida Viva.
O principal objetivo do Evento é criar um espaço comum de comercialização para os seus associados e parceiros, para que exista uma troca, onde os empreendimentos se conheçam melhor e estejam mais próximos. Além do que, a Economia Solidária tem como princípios a autogestão e a cooperação, sendo organizada colaborativamente.
Agradecimentos aos parceiros: SABESP – Saneamento Básico do Estado de São Paulo, Colônia de Pescadores Z-9 “Apolinário de Araújo”, Departamento Municipal de Obras, Departamento Municipal de Cultura, ACEC - Associação Comercial e Empresarial de Cananéia, Aldeias Guaranis, Paróquia São João Batista de Cananéia, IPeC – Instituto de Pesquisas Cananéia, Departamento Municipal de Transporte, Departamento Municipal de Meio Ambiente, Pousada Central, Supermercado Yassuy, Restaurante Caiçara, PEF – Programa Escola da Família da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”, Quintal Caiçara, entre outros.
“A economia solidária é um processo de reconhecimento do trabalho coletivo, sem empregado e patrão, da valoração e respeito do processo de produção e venda da mercadoria, hoje a economia solidária é reconhecida no Governo Federal e, deveria ser trabalhada no governo do Estado e municípios, em algumas cidades já existe o Departamento de Economia Solidária, mas a cidade de Cananéia não há. Hoje a Rede Cananéia tenta trabalhar os princípios dessa nova ou reconhecida economia solidária”, comenta Gisele.


Rua Antonio Colaço de Souza, 120
Carijo - Cananéia / SP
Telefone: (13) 3851-1201
e M w C B