Página inicial > Notícias > Programa “Cananéia tem Parque” completa 17 anos de atividades com educação (...)

Programa “Cananéia tem Parque” completa 17 anos de atividades com educação ambiental no Parque Estadual da Ilha do Cardoso

quarta-feira 20 de maio de 2015

Histórico do Programa Cananéia Tem Parque e futuras ações

Shany Nagaoka
O Programa de Educação Ambiental “Cananéia Tem Parque” foi criado em 1998 com uma proposta voltada à necessidade de se apresentar o Parque Estadual da Ilha do Cardoso (PEIC) aos cananeenses, despertando nos participantes, o interesse e a estima pela região em que vivem. Os princípios básicos do programa são a sensibilização e a emoção ao se conhecer os ambientes naturais do Núcleo Perequê no PEIC, área de grande importância ecológica e econômica para a região. O público-alvo são os estudantes da Rede Pública de Ensino, os quais são conduzidos com práticas de cidadania e respeito à vida através da interação com o meio ambiente. Nesses 17 anos de atuação, foram atendidas mais de oito mil crianças e adolescentes das redes estadual e municipal de ensino, bem como de outras cidades do Vale do Ribeira.
A interação das Unidades de Conservação (UC’s) com os moradores do entorno se faz extremamente necessária para que haja um maior entendimento pela população local, sobre a importância da conservação dos poucos fragmentos de florestas que ainda restam para as atuais e futuras gerações, e sobre o porquê de algumas restrições, como por exemplo, a extração do palmito juçara. A educação ambiental é um instrumento fundamental para a proteção do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, pois alia a consciência da necessidade de conservação do meio ambiente às experiências pessoais ao se ter contato direto com a natureza. No Programa de Visitação Pública e Educação Ambiental do Plano de Manejo do PEIC, são citadas algumas das inúmeras vantagens do desenvolvimento de atividades de educação ambiental no parque:
• Provocam mudanças de comportamento através da interiorização de atitudes, do autoconhecimento, da solidariedade e do exercício da cidadania, buscando transformar a realidade socioambiental;
• Permitem uma análise crítica do comportamento em relação ao Parque, através do desenvolvimento de ações educativas, atividades pedagógicas, do exercício de reflexão, do comprometimento com o eu, com o outro e com a conservação dos recursos naturais;
• Contribuem de forma eficaz, através de um processo educativo, para proteção dos recursos ambientais e para melhoria da qualidade de vida da população situada no entorno da UC;
• Contribuem para lidar com os conflitos com aqueles que se sentem prejudicados, de alguma forma, pela existência do Parque.

Idealizado pelo Professor Rogério Cossovani em parceria com o gestor do PEIC na época, o Sr. Marcos Campolim, o Programa Cananéia Tem Parque tem sido coordenado desde 2002 pelo agora Reformado Sargento da Policia Militar Ambiental, Marcos Antonio Mendes. Desta maneira, o programa também possibilita maior aproximação com os órgãos fiscalizadores, procurando colocar os estudantes em contato direto com os problemas ambientais, assim como com a oportunidade de participarem de maneira efetiva na busca de soluções.
Vale enfatizar que Programa existe graças ao comprometimento, esforço e participação de diversos segmentos:
Departamento de Educação da Prefeitura Municipal de Cananéia: responsável pela mobilização com a diretoria e professores das escolas municipais, pela logística do transporte escola/píer municipal e pela alimentação do grupo durante a saída;
Monitores Ambientais de Cananéia: voluntários acompanham e monitoram os grupos de estudantes;
Associação de Escunas de Cananéia (ASSESCA): as escunas são disponibilizadas gratuitamente para o transporte de ida e volta dos grupos de Cananéia para a Praia do Pereirinha/Itacuruçá;
Polícia Militar Ambiental: voluntariamente acompanham e dão apoio aos grupos durante a saída;
Funcionários da Fundação Florestal: fazem o apoio e a articulação entre os segmentos, e acompanham os grupos durante as saídas.
Associação dos Moradores do Itacuruçá/Pereirinha (AMOIP): fornecem almoço aos monitores quando necessário, cedem lugar nos restaurantes para guardar as mochilas dos estudantes durante o campo, e permitem usar o chuveiro e banheiros das estruturas da comunidade.

As atividades de campo praticadas com os estudantes podem gerar o despertar de novos interesses e iniciativas estimulando o aprendizado. Para o ano de 2015, é previsto a participação de mais de 400 estudantes do quarto e quinto ano do Ensino Fundamental das escolas municipais de Cananéia no Programa. Ao se considerar a importância das atividades de educação ambiental desenvolvidas no Parque Estadual da Ilha do Cardoso na vida das crianças do nosso município, que por sua vez sofrem com a falta de espaços de lazer e atividades comunitárias, é imprescindível que haja a colaboração e o apoio de todos da população local. Incentivar a continuidade desse tipo de trabalho que envolve relações humanas e o respeito com o meio ambiente, além de proporcionar o bem comum para Cananéia, ajuda em muito na busca de um mundo mais consciente, solidário e com melhor qualidade de vida para todos.


Rua Antonio Colaço de Souza, 120
Carijo - Cananéia / SP
Telefone: (13) 3851-1201
e M w C B